segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Momento de agradecer

O nosso caminho é feito pelos nossos próprios passos.
Mas a beleza da caminhada... depende dos que vão conosco!
Hoje agradeço a Deus e a vocês, meus amigos e amigas
pela fortalecedora presença em minha jornada de 2012.
Que neste novo ano que iniciaremos possamos caminhar 

mais e mais juntos em busca de um mundo melhor, 
regido pela paz, justiça, tolerância e amor.
De coração, obrigado! 

Que Deus abençoe todos nós!

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Diário de Canoas

Trote vai pesar no bolso de 
quem faz a “brincadeira”

Lei sancionada prevê multa de 200 reais por ligação falsa


Rosângela Garcia

Canoas – Passar um trote para os serviços de emergência pode não pesar na consciência de quem faz, mas deve custar caro se a ligação for identificada. A multa, definida na nova lei 14.149/2012, sancionada este mês pelo governador Tarso Genro e já publicada no Diário Oficial do Estado, foi fixada em 15,3952 UPFs, ou seja, cerca de 200 reais. O valor pode ser considerado baixo, se comparado a vidas que se perdem por causa de uma brincadeira, que atrasa ou faz com que o serviço não chegue a quem está realmente precisando.

De acordo com o autor da lei, deputado estadual Carlos Gomes (PRB/RS), quando a proposta foi aprovada, inicialmente, não se tratava de multa. “Como o governo teve dificuldades em calcular os prejuízos causados por cada uma das demandas, a opção foi determinar um valor único”, explica.

Em Canoas, só o Corpo de Bombeiros registra que mais da metade das chamadas diárias são falsas. Segundo o major Julimar Fortes, a média é de 58 a 60% do total de ligações. Na Brigada Militar o número é um pouco menor, de 10 a 15%, mas atrapalha muito o trabalho dos policiais. A assessoria de imprensa do Samu não soube precisar quantos trotes o serviço recebe por dia.


Orelhão é o mais usado

O maior vilão dos trotes ainda é o telefone público. As chamadas são sempre identificadas, segundo o deputado Carlos Gomes, principalmente se partem de aparelhos fixos e móveis. “Mesmo assim, sabemos que os serviços de emergência já conseguem localizar o orelhão que está originando a chamada. O objetivo é fazer com que as pessoas busquem se conscientizar, embora com sanção financeira”, diz Gomes.

ESPERANDO RESULTADOS

Conforme o major Julimar Fortes, do Corpo de Bombeiros, multas das chamadas partem de telefones próximos à área escolar. “Principalmente em final de turno de aula”, diz e apela para a conscientização: “Trote não é brincadeira e pode colocar em risco a vida de muitas pessoas. Poucos segundos são determinantes para salvar ou perder uma vida”, justifica. O subcomandante do 15º BPM, major Daniel Duarte acredita que a mudança na legislação vai ajudar a coibir o crime, visto por muitos apenas como brincadeira, “mas que pode atrapalhar quem realmente precisa de ajuda”.

ELES CONCORDAM

Acho justo porque quem dá trote faz com que o serviço deixe de ser usado para quem precisa. Quando tira do bolso as pessoas começam a pensar mais antes de fazer”. Lucas Ribeiro, 22, cobrador.

Acho certo porque não se brinca com trabalho de emergência. Trote não é brincadeira. O valor poderia ser até mais alto, porque aí pensariam antes de fazer”. Loiva Ribas, 53 do lar.

Acho justo porque eles (serviços de emergência) estão disponíveis para quanto tem necessidade. Esse valor de multa vai fazer as pessoas pensarem mais”. Alisson do Nascimento, 18, estagiário.

Acho que está certo porque quando a gente precisa o telefone não pode estar ocupado com bobagens. Até deveria ser mais de 200 reais e a pessoa ficaria com medo”. Solange Teresinha da Silva, 46, doméstica.

Matéria publicada na edição de 27 de dezembro de 2012 do jornal Diário de Canoas
Editoria: Comunidade, página 8

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Revista Conselho Federal de Educação Física




Educação Física do 1º ao 5º ano

Ações locais dos Conselhos Regionais garantem Educação Física de qualidade para crianças na primeira fase do ensino fundamental.

Os benefícios da Educação Física Escolar são notáveis e inúmeros, principalmente para as crianças nos primeiros estágios de crescimento, no período do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. No entanto, o artigo 31 da Resolução CNE 7/2010 abriu uma brecha para que essa disciplina, tão importante para o desenvolvimento mental e corporal das crianças, seja ministrada por professores de referência da turma, pessoas que não possuem a qualificação profissional necessária e o conhecimento das variáveis da Educação Física Escolar.

Tramita na 20ª Vara Federal da Seção Judiciaria do Distrito Federal a Ação Declaratória proposta pelo CONFEF em 2011, requerendo nova redação a esse artigo, de forma que os componentes curriculares de Educação Física fiquem a cargo exclusivo dos profissionais licenciados em Educação Física, em respeito à Constituição Federal e à Lei 9.696 /98. O Ministério Público Federal emitiu um parecer a respeito da ação, que foi totalmente favorável à nossa causa: “O Ministério Público Federal manifesta-se pela total procedência dos pedidos do autor, para que seja efetivamente declarada a necessidade de profissional de educação física para ministrar aulas de educação física e/ou recreação ou qualquer outra atividade que envolva exercícios físicos e esportes aos alunos do ensino fundamental”, diz o documento. O parecer foi anexado ao processo e, agora, a próxima etapa será a decisão da 20ª Vara Federal.

Enquanto essa decisão ainda não é proferida, os Conselhos Regionais vêm trabalhando localmente para que o direito dessas crianças serem atendidas por profissionais de Educação Física seja assegurado. Para isso, os CREFs intensificaram o diálogo com os poderes públicos municipais e estaduais, procurando sensibilizá-los quanto à importância de a disciplina de Educação Física ser ministrada por profissionais devidamente habilitados desde os anos iniciais.

Audiências no Rio Grande do Sul

O exemplo mais recente vem do CREF2/RS, que está trabalhando pela aprovação de uma lei estadual garantindo que as crianças estudantes do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental tenham aulas de Educação Física com profissionais devidamente habilitados. No final de setembro, uma audiência pública foi promovida na Assembleia Legislativa do Estado para debater o assunto. Como resultados dos debates ocorridos na ocasião, o proponente da audiência, deputado Carlos Gomes, protocolou ofício na Casa Civil do Governo do Estado, pedindo abertura de diálogo com o governador Tarso Genro e a Secretaria de Educação.

O documento propõe um projeto de lei que prevê a obrigatoriedade do Profissional de Educação Física nas séries iniciais da pré-escola e anos iniciais, sem prejuízo da Unidocência. No ofício, também é sugerida a realização de uma consulta aos pais e responsáveis sobre o interesse de ver seus filhos atendidos por profissionais de Educação Física, além de indicar a contratação de profissionais de Educação Física pelo governo para suprir a demanda que surgiria com a aprovação da Lei.

O presidente do CREF2/RS, Eduardo Merino (CREF 004493-G/RS, na foto com o deputado), ressalta a importância de garantir o direito constitucional dos alunos serem atendidos por profissionais habilitados. “Atualmente, as atividades físicas são ministradas por professores não especializados, o que compromete o desenvolvimento físico, motor e cognitivo das crianças”, destaca.

Conquistas locais

Em Manaus (AM), a articulação do CREF8/AM-AC-AP-PA-RO-RR fez surgir o Projeto de Lei 140/2012, que determina que as aulas de Educação Física dos ensinos infantil e fundamental sejam ministradas por profissional habilitado. Em Rio Branco (AC), a lei que também garante essa obrigatoriedade, Lei Municipal 1919/2012, foi aprovada graças à mobilização e aos esforços da representação do Conselho Regional no Acre.

Em alguns estados e municípios, leis determinando a obrigatoriedade de profissionais de Educação Física para a docência a disciplina nas séries iniciais do Ensino Fundamental são anteriores à Resolução CNE 7/2010. É o caso de São Paulo (Lei 11.361/2003) e Minas Gerais (Lei 17.942/2008), com legislação que dispõe sobre a obrigatoriedade da Educação Física na rede estadual de ensino. Em Roraima, há a Lei 743/2009, determinando que apenas profissionais de Educação Física possam ministrar a disciplina na rede estadual, em todos os níveis de ensino. 

Alagoas conta com a Lei 6.739/2006, que disciplina a prática da Educação Física na rede estadual, reservando aos licenciados em Educação Física o exercício da docência, “em todos os níveis e modalidades de ensino da educação básica”. Os municípios de Salvador (Lei 7656/2009 e Ilhéus (Lei 3154/2004), ambos na Bahia, e de Foz do Iguaçu (Lei 2869/2003) e Ponta Grossa (Lei 8011/2005), no Paraná, dispõem de legislação específica que determina a exigência de que profissionais habilitados ministrem as aulas de Educação Física na rede municipal de ensino. Já o Conselho Estadual de Educação de Goiás baixou a Resolução 04/2006, determinando a exigência de um licenciado em Educação Física para ministrar as aulas da disciplina em todas as etapas de ensino do estado. E, de acordo com o CREF14/GO-TO, nas cidades goianas de Goiânia, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Senador Canedo e Rio Verde, a Educação Física de 1º ao 5º ano é ministrada por profissional habilitado. O mesmo acontece nos municípios de Palmas, Araguaína e Gurupi, no Tocantins.

Esses são alguns exemplos de conquistas que foram possíveis através do trabalho de conscientização dos Conselhos Regionais junto a vereadores, deputados estaduais, prefeitos, governadores, sociedade e demais agentes sociais. As leis citadas na matéria podem ser consultadas, na íntegra, no link confef.com/20.

Matéria publicada na edição de dezembro da Revista E.F. Nº 46 

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Expansão partidária


Passe livre para a solidariedade


Sancionada lei que regulamenta

a assistência espiritual em hospitais e presídios



Parlamento gaúcho considerou a importância da assistência religiosa para a recuperação de detentos, para o alívio do sofrimento e para a reintegração social.

Foi publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (21) a sanção da Lei 14.159 de 2012, regulamentando o acesso dos voluntários que prestam assistência religiosa em hospitais e nos estabelecimentos prisionais civis e militares do Rio Grande do Sul. A matéria assegura o direito aos evangelizadores de todos os credos, que deverão cumprir as determinações legais e as regras da instituição hospitalar ou casa prisional.

Para Carlos Gomes, trata-se de um importante avanço para o trabalho de aliviar o sofrimento de doentes e também para a ressocialização de apenados. “O acesso regulamentado de agentes religiosos a esses locais legitima um trabalho que complementa as ações do Poder Público nos setores penitenciário e de saúde. A mensagem de fé e esperança que é transmitida é capaz de gerar milagres entre aqueles que muitas vezes foram esquecidos pela sociedade e até por seus familiares”, destacou.


Jorn. Karine Bertani - MTB 9427
Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul
Foto: Jorge Fuentes

Brincadeira tem hora

Trotes aos serviços de emergência serão punidos com multa de 200 reais na conta

O Diário Oficial desta sexta-feira (21) publicou a alteração da Lei nº 13.759/2011, de autoria do deputado estadual Carlos Gomes (PRB), que dispõe sobre a punição ao acionamento indevido de serviços de emergência envolvendo remoções, resgates, incêndios e ocorrências policiais.

A modificação pretende facilitar a regulamentação e aplicação da matéria já aprovada em 2011. Ao invés de obrigar o ressarcimento das despesas oriundas dos trotes, como foi estabelecido pela lei anterior, a nova lei, agora sob o número 14.149, determina a cobrança de uma multa de valor único fixado em 15,3952 UPFs (aproximadamente duzentos reais) aos autores dos trotes. O valor deverá ser cobrado na fatura de pagamento da conta de telefones fixos e celulares pós-pagos.
 
O Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP), que integra a Brigada Militar, Corpo de Bombeiros, Instituto-geral de Perícias, Samu e Polícia Civil, recebe aproximadamente 4 mil ligações por dia. De janeiro e dezembro do ano passado, foram registradas como trotes 276 mil ligações, equivalentes a quase 20% das chamadas.

“A fixação de um valor para multa significa que o Estado irá cumprir o que determina a lei e punir os praticantes de trotes aos serviços de emergência. Temos convicção de que as penalidades irão resultar na conscientização sobre a gravidade dessas ações, evitar gastos públicos e agilizar o atendimento à população, uma vez que diminuirá o número de unidades deslocadas em vão”, explicou Carlos Gomes.


Jorn. Karine Bertani - MTB 9427
Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul

Porto Alegre

PRB assume Secretaria de Segurança


Lideranças do PRB de Porto Alegre estiveram reunidas ontem com o prefeito José Fortunati, para reiterar o apoio e a participação da sigla no primeiro escalação de governo municipal. Na ocasião ficou definido que o vereador José Freitas assumirá a Secretaria de Segurança do município.

Participaram da reunião o presidente estadual do PRB, deputado estadual Carlos Gomes; o presidente municipal, vereador Waldir Canal; o vice-prefeito eleito, Sebastião Melo; o secretário de Gestão, Urbano Schmitt; o vereador José Freitas e o secretário do PDT metropolitano, Diego Buralde.

Matéria publicada na edição de 21 de dezembro de 2012 do jornal Correio do Povo
Editoria: Política, página 6

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Mídia

Correio do Povo destaca diplomação de 
vereadores do PRB de Porto Alegre
 


 TRE diploma prefeito e vereadores

Em cerimônia realizada na tarde de ontem, no auditório Dante Barone da Assembleia Legislativa, o Tribunal Regional Eleitoral do RS diplomou o prefeito reeleito na Capital, José Fortunati (PDT), seu vice Sebastião Melo (PMDB), os 36 vereadores eleitos e 27 suplentes da Câmara. O presidente do TRE, Gaspar Marques Batista, definiu a diplomação como o “coroamento” da jornada iniciada com as convenções partidárias, realizadas em julho.

Gaspar destaca a eleição ficha limpa

Ao discursar no evento, o presidente do TRE-RS, desembargador Gaspar Batista disse que as eleições foram marcadas pelo existência da Lei da Ficha Limpa, que qualificou o processo eleitoral. Ele destacou o papel da Justiça Eleitoral e afirmou que a instituição realiza a cada dois anos “uma das maiores eleições do mundo.” O prefeito José Fortunati (PDT) definiu o ato como a “consumação do Estado democrático de direito”. O ministro Mendes Ribeiro Filho (PMDB) prestigiou o ato para acompanhar o filho Pablo, que é o primeiro suplente peemedebista. Ao final da cerimônia, alguns deputados e presidentes de partido, como Carlos Gomes (PRB), comemoraram a diplomação ao lado de seus novos colegas parlamentares.


Matérias publicadas na edição de 20 de dezembro 2012
Editoria: Política, página 8

Correio do Povo

Ação limpa Guaíba e Delta do Jacuí 


Para alertar a população e os governos sobre o elevado nível de poluição das águas do Guaíba e Delta do Jacuí, os integrantes da Colônia Z-5, na Ilha da Pintada, fizeram uma pesca diferente ontem. Eles retiraram mais de 27 toneladas de lixo da região que envolve o Guaíba e o Rio dos Sinos, na 6ª edição do projeto Pescando o Lixo.

A ação contou com o envolvimento de cerca de 150 embarcações, que ficaram carregadas pela grande quantidade de lixo recolhido das águas. “É uma maneira de mostrar e de alertar que, neste ritmo, em breve não poderemos mais entrar no Guaíba devido à quantidade de lixo”, disse o presidente da Colônia Z-5, Vilmar Coelho. Em retribuição à participação da ação, os pescadores receberam uma cesta básica. Entre os resíduos mais presentes, estavam pneus, plásticos e até móveis.

A ação ocorre na mesma época em que os pescadores não podem praticar a sua atividade, em função da piracema, que vai de novembro a fevereiro. Participaram do evento o superintendente Federal da Pesca no Rio Grande do Sul, Gilmar Coelho; o vereador da Capital, Waldir Canal (PRB), e o representante da bancada do PRB na Assembleia Legislativa gaúcha, William da Costa. Defensor do setor pesqueiro, o deputado Carlos Gomes (PRB) parabenizou a iniciativa, mas reconheceu que há falta de ação por parte do poder público. Segundo ele, é necessário que haja um comprometimento maior com as questões ambientais.

O deputado acredita que, com a presença mais forte dos governos, essa realidade pode ser alterada. “Se apenas algumas embarcações conseguem fazer esse trabalho, com o poder público seria possível fazer muito mais”, afirmou.

Matéria publicada na edição de 20 de dezembro de 2012
Editoria: Geral, página 24

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Aprovada imunidade tributária a templos religiosos


Iniciativa de Carlos Gomes deverá reduzir em 25% o custo das contas de luz e telefone de igrejas e centros de todos os credos


Foi aprovado na Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (19), o projeto nº 45/2011, de autoria do deputado Carlos Gomes, que proíbe o repasse da cobrança de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) nas contas relativas a serviços públicos estaduais a templos de qualquer culto no Rio Grande do Sul. A proposição, que contempla a imunidade de ICMS nas contas de luz e telefone, ainda depende da sanção do governador Tarso Genro para entrar em vigor.

“Essa medida deverá reduzir em 25% os custos dessas contas para as igrejas e centros”, prevê o parlamentar. O objetivo de Carlos Gomes é garantir o cumprimento do estabelecido na Constituição Estadual e na alínea b do inciso VI do art. 150 da Constituição Federal. A lei assegura que o patrimônio, a renda e os serviços relacionados com as finalidades essenciais das entidades mantenedoras desses templos religiosos não sejam gravados por impostos de competência da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios.

Os deputados gaúchos aprovaram a proposta de Carlos Gomes com base nos relevantes serviços sociais promovidos pelas diversas religiões que trabalham pelo crescimento espiritual de seus membros com impacto positivo em toda a sociedade. Além de considerar a legislação que disciplina a matéria, os parlamentares levaram em conta estudos sobre violência carcerária, os quais apontam relação direta entre a prática religiosa e a queda nos índices de criminalidade, inclusive no ambiente interno da penitenciária, permitindo a ressocialização de egressos do sistema penal. Para a Assembleia Legislativa, a garantia de um melhor desempenho financeiro deverá traduzir-se em ações sociais efetivas, atendendo, prioritariamente, as populações mais carentes.

Jorn. Karine Bertani - MTB 9427
Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul

PRB na capital dos gaúchos

Diplomação dos eleitos para representar o PRB na Câmara 
de Vereadores de Porto Alegre na legislatura 2013-2016
José Freitas, Carlos Gomes, Séfora Mota e Waldir Canal
 

Pescando o Lixo

Pescadores recolhem 24 toneladas de lixo do Guaíba

150 cestas básicas foram entregues aos trabalhadores 
durante a 6ª edição da ação

Objetivo da ação foi conscientizar a população sobre a importância da preservação do meio ambiente

Os pescadores da Ilha da Pintada e da região do Rio dos Sinos recolheram 24 toneladas de entulhos dos rios do arquipélago do Delta do Jacuí na 6ª Edição do Projeto Pescando o Lixo, nesta quarta-feira (19). Durante a iniciativa, promovida pela Colônia de Pescadores Z-5, foram entregues 150 cestas básicas aos trabalhadores, que também receberam combustível para os barcos. Os materiais distribuídos aos pescadores foram adquiridos com o apoio de empresas e entidades patrocinadoras da campanha, que teve início em 2008.

O presidente da Colônia de Pescadores Z-5, Vilmar Coelho, destacou que o objetivo da ação é conscientizar a população sobre a importância da preservação do meio ambiente. “O rio não é só do pescador. O rio é de toda a população, e ela não pode dar às costas para o cuidado com as águas”, explicou Coelho.

Também participaram do evento o superintendente Federal da Pesca no Rio Grande do Sul, Gilmar Coelho; o vereador de Porto Alegre, Waldir Canal (PRB) e o representante da bancada do PRB na Assembleia Legislativa gaúcha, William da Costa.

Reportagem e fotos: Jorn. Jorge Fuentes - MTB 16063
Coordenação de Comunicação - PRB/RS

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Porto Alegre

Pescadores recolhem lixo dos rios do
arquipélago do Delta do Jacuí

Mais de 150 barcos devem participar da ação

Mais de 150 barcos de pescadores da Ilha da Pintada e região do Rio dos Sinos participarão da 6ª edição do Projeto Pescando o Lixo, promovido pela Colônia de Pescadores Z-5, nesta quarta-feira (19). Desde hoje até amanhã, em Porto Alegre, os trabalhadores estão retirando detritos dos rios do arquipélago do Delta do Jacuí. Na última edição, realizada em dezembro do ano passado, 27 toneladas de entulhos, incluindo pneus e para-choques de carros foram recolhidos.

Autor de iniciativas em defesa do setor pesqueiro, o deputado Carlos Gomes (PRB) observa que a cada ano aumenta a quantidade de lixo recolhido pelos pescadores. “Ainda temos uma longa jornada a trilhar em direção à conscientização da população em geral para o cuidado com o meio ambiente e, em especial, com os rios, mas essses resultados demonstram que estamos no caminho certo”, ressaltou o parlamentar que participa da campanha desde a sua primeira edição, em 2008.

“Nosso principal objetivo é chamar a atenção da comunidade para a importância da preservação das águas”, salientou Vilmar Coelho, presidente da Colônia Z-5. Ele destacou que os pescadores não podem trabalhar durante o período de três meses da piracema (novembro, dezembro e janeiro). Ao final da tarefa os trabalhadores receberão cestas básicas, combustível para os barcos e sacos plásticos para a retirada do lixo. Os materiais foram adquiridos com o apoio de empresas e entidades patrocinadoras. 

Reportagem: Jorn. Jorge Fuentes - MTB 16063
Foto: Adriana Pereira 

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

TVE

Carlos Gomes explica leis em  defesa dos animais


video



Programa Espaço Público de 13/12/12, exibido às 8h50
Produzido pela TV Assembleia e transmitido pela TVE/RS

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Parobé e São Sebastião do Caí


PRB empossa diretórios municipais


Os diretórios do Partido Republicano Brasileiro (PRB) de Parobé e de São Sebastião do Caí empossarão, no próximo sábado (15), suas comissões executivas. Os eventos contarão com a presença do presidente estadual da legenda, deputado Carlos Gomes, além de lideranças republicanas gaúchas.

Às 10h, em solenidade a ser realizada na Câmara de Vereadores, o PRB de São Sebastião do Caí passará ao comando de Zuca Flores, que terá Marcelo Schroder como vice-presidente.

Integrante da base aliada do governo municipal, o PRB caiense reivindica espaço junto ao Poder Executivo. “Temos lideranças preparadas e comprometidas com a comunidade, que têm a sua contribuição a dar para o município e precisam ser valorizadas”, defende Zuca.

À noite, Cristiano dos Santos será empossado presidente do diretório municipal de Parobé, com Gerson Duarte como vice. O encontro tem início às 19h na Câmara Municipal.


Coordenação de Comunicação PRB/RS

Parobé


PRB empossa comissão executiva municipal

O Partido Republicano Brasileiro (PRB) de Parobé empossará, no próximo sábado (15), a comissão executiva municipal da legenda. O evento contará com a presença do presidente do PRB gaúcho, deputado estadual Carlos Gomes, além de lideranças republicanas da região metropolitana e do Vale do Paranhana.

O diretório municipal passará ao comando de Cristiano dos Santos, que terá Gerson Duarte como vice. O evento tem início às 19h na Câmara de Vereadores.

Coordenação de Comunicação PRB/RS

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Jornal da Cidade


Ato de filiação de Marquinho Lang reúne republicanos em Lajeado

Militantes, autoridades e lideranças do PRB de diversos municípios gaúchos tiveram uma razão incontestável para deslocar-se a Lajeado, nesta segunda-feira (3). A família republicana estava prestes a ganhar um importante reforço no município do Vale do Taquari, onde uma solenidade e jantar marcaram o ingresso do ex-deputado estadual Marquinho Lang na legenda. O ato que reuniu mais de trezentas pessoas no Clube dos Quinze contou com a presença do deputado distrital Evandro Garla, secretário-geral do PRB nacional.

Matéria publicada na edição de 5 a 12 de dezembro do Jornal da Cidade
Editoria: Geral, página 8

Folha do Mate


Marquinho Lang se filia ao PRB, em Lajeado

Ex-deputado estadual irá assumir a Secretaria de Meio Ambiente de Lajeado, a partir de janeiro

Na segunda-feira à noite, 3, nas dependências do Clube dos 15, no bairro Montanha em Lajeado, o ex-deputado estadual Marquinho Lang se filiou ao PRB.

Marquinho que estava filiado no Democrátas até as eleições municipais de 2012, apoiou o candidato a prefeito Luís Fernando Schmidt (PT), eleito para a prefeitura de Lajeado.

Um desentendimento com a cúpula do Democrátas pelo apoio de Marquinho à candidatura de Schmidt, foi o fator principal que levou ao ex-deputado a reavaliar sua posição no partido e na política.

O evento teve a participação de lideranças políticas de diversas siglas partidárias e a representação de mais de 23 municípios. Carlos Gomes, presidente estadual e deputado estadual pelo PRB, falou da pretensão de concorrer nas próximas eleições a deputado federal pelo partido. O presidente, ao lado do prefeito eleito de Lajeado, enfatizaram o trabalho de Lang como deputado ex-deputado estadual.

Marquinho saudou a todos e falou de seu futuro política no PRB. Ele vai representar o PRB no governo de Schmidt, assumindo a secretaria de Meio Ambiente e colocou seu nome à disposição do partido para possível candidatura a deputado estadual, em 2012

A filiação de Marquinho provocou a entrada de mais de cem novos republicanos na região do Vale do Taquari. No palco entre representantes de diretórios e vereadores, o presidente do PRB gaúcho, deputado Carlos Gomes, abonou a ficha do ex-deputado.

Matéria publicada na edição de quarta-feira, 5 de dezembro de 2012
Editoria: Política, página 9

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Segurança Pública

Carlos Gomes defende contratação de servidores aprovados para concurso do IGP

31 candidatos estão aptos a realizar o curso de formação de papiloscopistas


O deputado estadual Carlos Gomes (PRB) defendeu a chamada dos 31 candidatos aptos a realizar o curso de formação de papiloscopistas do Instituto-Geral de Perícias. Em pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa, o parlamentar destacou que o projeto de lei nº 245 de 2012, aprovado na sessão plenária desta terça-feira (4), por 47 votos a zero, e que trata da aposentadoria especial para os servidores da autarquia, é de inegável importância aos trabalhadores, mas vai acarretar a diminuição do quadro de servidores, que já é precário.

O deputado recebeu um documento expedido por uma comissão de candidatos aprovados no concurso do IGP, no qual a categoria estima que a alteração da Lei Complementar nº 10.687 deve ocasionar a aposentadoria de 7 a 10% dos papiloscopistas até o final de 2013. Atualmente, exercem o ofício apenas 39% do número de servidores necessários. O Estado conta com 173 trabalhadores nesse setor, quando deveria ter, de acordo com a legislação, 470 funcionários.

Faço um apelo ao Poder Executivo, não somente baseado na reivindicação de uma classe, mas como um pedido de atenção para um serviço necessário para a segurança pública, que reflete em toda a sociedade”, argumentou Carlos Gomes.

Por: Jorn. Karine Bertani - MTB 9427 e Jorn. Jorge Fuentes - MTB 16063
Foto: Internet 

TV Record

Reportagem da TV Record sobre o ingresso do 
ex-deputado estadual, Marquinho Lang, no PRB



Matéria veiculada na edição de terça-feira (4), do programa Rio Grande no Ar

Correio do Povo


Marquinho Lang ingressa no PRB


A comissão provisória do PRB de Lajeado ganhou reforço de peso ontem à noite, em ato de filiação realizado na cidade. Além dos ex-integrantes do Dem de Lajeado, o PRB recebeu a adesão de lideranças como o ex-deputado estadual Marquinho Lang e dos ex-vereadores de Lajeado Valdir Blau e Flávio Kunz. O ato político contou com a presença de mais de 300 pessoas e do presidente da executiva estadual do partido, deputado estadual Carlos Gomes, e o secretário da executiva nacional do PRB, deputado distrital de Brasília Evandro Garla,

Também prestigiaram o evento o prefeito eleito de Lajeado Luis Fermandp Schmidt e o vice, Vilsinho Jaques. Depois das filiações de mais de cem pessoas, aconteceu a posse da nova comissão provisória, que tem como presidente Marquinho Lang.”Nosso objetivo é ter uma nova opção partidária com proposta séria, voltada para o social”, destacou Lang.

Ele enfatizou que o PRB está dando a largada para a próxima eleição municipal. “Vamos aglutinar lideranças e formar um novo quadro político pensando no próximo pleito para elegermos vereadores e quem sabe disputar a majoritária”, afirmou o presidente do PRB de Lajeado.

Matéria publicada na edição do jornal Correio do Povo de 04/12/2012
Editoria: Política - Página 4

O Informativo do Vale


Filiação

Marco Lang oficializa ingresso no PRB

Ato realizado ontem à noite reuniu lideranças 
municipais, estaduais e nacionais do partido

LAJEADO

Anunciado pelo prefeito eleito Luís Fernando Schmidt (PT) como futuro secretário do Meio Ambiente, o ex-deputado estadual Marco Lang oficializou, ontem, seu ingresso no Partido Republicano Brasileiro (PRB). O ato, realizado no Clube dos Quinze, marcou também a adesão de mais de cem novos filiados à sigla e reuniu lideranças de todo o Estado. “O Marquinho é uma figura agregadora, que tem feito uma política estadista, sempre voltada ao ser humano”, comemora o presidente do PRB/RS, deputado estadual Carlos Gomes.

Lang assume a presidência do partido em Lajeado, que tem como vice-presidente Waldir Blau e secretário Flávio Kunz. Grande parte dos novos integrantes vem do DEM, sigla que foi deixada depois de a direção nacional vetar a coligação com o PT nas eleições municipais. Marquinho Lang e os integrantes da Comissão Provisória terão a responsabilidade de organizar o PRB na cidade e na região, onde está constituído em mais duas cidades, Teutônia e Taquari.

O PRB se fortalece com o ingresso das novas lideranças e Lang deve ser o nome para concorrer a deputado estadual em 2014. No último pleito, a sigla cresceu 30%, passando de 17 para 23 vereadores no Estado, mas não conta com prefeitos ou vice-prefeitos eleitos. A meta para a próxima eleição é eleger dois deputados estaduais, e o atual presidente, Carlos Gomes, deve buscar uma vaga na Câmara Federal.

Lang, que recebeu convite de outras siglas, diz que sua filiação no PRB se deve à função social do partido, ao trabalho em defesa das pessoas que mais precisam. “Dentro do PRB sei que vou ter tranquilidade para seguir minha linha de trabalho, voltada às questões sociais e regionais, além da segurança pública”, diz. Indicado para ocupar a pasta do Meio Ambiente no governo de Luís Fernando Schmidt, ele informa que nos próximos dias vai procurar a atual secretária para tratar da transição. “Lajeado não é terra arrasada. Tem coisas boas acontecendo, que vamos bucar melhorar, e o que ainda não foi implantado, vamos trabalhar para que aconteça”, fala. Segundo ele, a marca de Lajeado será a união da Administração Municipal, pois as secretarias não têm como atuar de forma isolada. Em relação às questões ambientais, enfatiza que as leis serão cumpridas. “Mas queremos que as pessoas tenham tranquilidade para isso.”

Paulo Ricardo Schneider

Matéria publicada na edição de 4 de dezembro de 2012 do jornal O Informativo do Vale
Editoria: Política, página 8